Informações Locais

O Campus Universitário de Picos foi instalado em 1981, em um prédio de propriedade do Governo do Estado, onde funciona o Complexo Escolar “Dirceu Arcoverde” a 12km do centro da cidade. Iniciou com a oferta de quatro cursos de licenciatura de 1º grau: Letras, Estudos Sociais, Ciências e Pedagogia com habilitações em Administração Escolar e Supervisão Escolar.

Em 1984, foram criados os cursos de Licenciatura Plenas em Letras e Pedagogia com habilitação em Magistério, para plenificação dos cursos de licenciatura de 1º grau já existentes, e no ano 1985 houve o primeiro vestibular unificado da UFPI oferecendo vagas para o Campus de Picos.

Em 2006, com a expansão das Universidades Brasileiras, foram criados 7 novos cursos para o Campus do Junco, a saber: Bacharelado em Administração, Enfermagem, Nutrição e Sistemas de Informação; e Licenciatura em Biologia, História e Matemática. Em 2007, o Conselho Universitário, através da Resolução Nº 006/07, adapta o Estatuto da UFPI à legislação em vigor e implanta e renomeia o Campus Universitário do Junco para Campus Senador Helvídio Nunes de Barros.

O Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação foi aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPEX) da UFPI, através da Resolução Nº 195/06 de 24 de outubro de 2006, para funcionar no Campus Senador Helvídio Nunes de Barros em Picos.

O primeiro ingresso no curso foi através do vestibular da UFPI de 2007, que utilizando o Programa Seriado de Ingresso Unificado (PSIU) ofertou 50 vagas para o primeiro período e 50 vagas para o segundo período. A primeira turma começou em março de 2007 com 41 alunos e concluiu em 2010 com 6 concluintes

Hoje, o curso de Sistemas de Informação conta com 17 professores efetivos entre Doutores, Mestres e Especialistas. Com 350 alunos ativos e, recebe a cada semestre 50 novos alunos. Oferece Ensino, Pesquisa e Extensão com projetos e trabalhos reconhecidos pela academia, desenvolvendo tecnologia no semiárido do Piauí.